terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Finas cortinas





Pela cortina fina da sala

Luzes de Natal piscam

Celebram suas festas

por de trás das cortinas



E as luzes piscantes

Só faz lembrar

crianças de rua

que suas cortinas

são placas de papelão



Lembro que as luzes

são mais brilhantes

que os olhos delas

Sob as árvores da Paulista



Nós disfarçamos a cidade

e corais avermelhados

feito para cobrir o choro

de uma criança com fome, cantam:

"Noite feliz, Noite feliz"





Fredericco Baggio


3 comentários:

Rafael Pucca disse...

Meu amigo poeta, saudades!

Tbm tenho um blog agora ta?

Bjo!!!

Vâmvú disse...

Noite feliz...
Demais Fre... muito bom!!!
Como ja te disse, adoro Natal, mas a hipocrisia que pode surgir nessa data é algo que vai além da compreensão... bom, não só nessa data. A grande questão é a hipocrisia da sociedade como um todo...
Infelizmente no Natal se faz mais doloroso talvez...
Bjs

Rafa disse...

Isso foi um soco no estômago!