sexta-feira, 26 de setembro de 2008

...das minhas discussões com Deus...








Eu sempre indaguei sobre Deus, varias coisas. Sobre eu mesmo, sobre o Mundo e até mesmo sobre ELE.

Foram várias discussões. E uma das coisas que mais me deixou intrigado... é que uma vez... em um templo religioso... um sábio escreveu: “DEUS” em um pedaço de papel e riscou a letra “D” e depois a letra “S”. E ficou apenas “EU”... e o sábio não parou de olhar nos meus olhos, mas nunca me explicou o por que daquilo.

E nessa estrada da Vida com a minha religiosidade duvidosa, foram surgindo as discussões em pedaços de papel... em poesias...
Segue;

 

"Eu devia ter falado mais com Deus
sobre meus planos
mas Ele iria rir.
Mas tenho certeza
se contasse
sobre as mentiras
Ele me daria
toda atenção."
(Fredericco Baggio)

"Sempre via meu pai rezando, com as mãos juntas
e uma mão sempre afagando a outra.
Isso pra mim, virou a falta física mais cretina de Deus"
(Fredericco Baggio)

 

"Talvez... tudo seja apenas cenário de Deus.
Mas não posso ser uma simples marionete..."
(Fredericco Baggio)

 

"Eu devia ter pendurado orações nos meus varais.
Assim, talvez, Deus teria parado de soprar e teria lido"
(Fredericco Baggio)

 

“Deus de algum modo sorriu para mim.
Mas nos céus só havia raios e trovões”

(Fredericco Baggio)

 

“ELE (único, onipotente, soberano) me pegou de surpresa e perguntou:

_E o que é que você mudaria, se pudesse voltar ao tempo?

_Absolutamente nada (respondi com um sorriso forçoso e lágrimas nos olhos)

_Mas por que, meu filho?

_Porque provavelmente eu não estaria falando contigo agora.”

(Fredericco Baggio)

 

 

OBS: o fato DELE ter falado comigo... não quer dizer que nunca mais irei discutir com ELE.

 

Fredericco Baggio

 

3 comentários:

Mel disse...

Engraçado, às vezes eu me pergunto as mesmas coisas, mas descobri que na verdade, Deus é um grande piadista....

bailarina budista disse...

teus poedeus são ótimos.
bjonzon

Murilo Pagani disse...

Muito bom....
Sinto que vou sentir falta do "curtir" por essas bandas de cá.