segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Santa Ave Sem Vergonha





Meus pais sempre me enganaram 
com a sem vergochice da Cegonha
Toda essa não malícia, me fez creditar
até mesmo no Papai Noel

Agora entendo que a Ave
Não tem nada haver com isso
e só pelo fato do meu pai ter fudido
com total desespero a minha mãe 
eu to aqui:

Menino, poeta, cantor, ator, amador
Amo a dor constituída por eles três
Meu pai
Minha mãe
e a Cegonha... sem vergonha.


Fredericco Baggio


4 comentários:

Rafa disse...

Não fosse pela FODA do meu pai e minha mãe, não existiriam nesse mundo meu corpo e minha alma! rsrs
PERFEITO

Vâmvú disse...

"Amo a dor constituída por eles três..."
Como é linda essa frase e o que ela carrega, esse amor a vida...
Muito, muito bom!!!

Anônimo disse...

amo amo amo amo

amo amo amo

você declamando então

poeta bom é poeta vivooooo!!

conhecer sua voz e colocá-la no texto.

Bonequinha * NadiK [2!] * NaNa disse...

Estou lendo. Estou relembrando...
Como se eu ainda sentisse sua voz forte e seu olhar profundo adentrando pela minha alma...
Fiquei muda ao te admirar, ouvi atenta como se fosse a ultima vez, olhei pelos seus olhos e senti sua energia. Calafrio. Café. Coração. 6 Sentidos.
Todo esse movimento dentro de nossas mentes, corpos e almas que voce causa na exposição de sua logistica entre palavras trazendo o conceito da simplicidade vista por outro angulo é mágica.
Obrigada por me convidar. Obrigada por me conquistar. Obrigada por me levar a profundidade e me trazer a superfície. Por fazer, por ser, por estar! AMO! PARABÉNS meu amor! Mais e maaais.. seeeempre!!
NadiKa!